NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Hospital Maternidade São Vicente de Paulo foi surpreendido por publicação em redes sociais e jornal da instituição: SINDSAUDE, sobre liminar concedida pela Primeira Vara do Trabalho do Cariri cujo objeto teria sido a implantação do adicional de insalubridade para todos os seus empregados assistidos pelo referido sindicato.

O HMSVP, até o momento da publicação dessa nota de esclarecimentos não foi pessoalmente notificado como determina a liminar, nem através do seu departamento jurídico sobre mudança dos pagamentos alegados pelo órgão sindical. Quando notificado tomará todas as providências para o cumprimento da ordem judicial.

O HMSVP, também esclarece, que muito antes do SINDSAUDE propor qualquer medida judicial, já havia tomado a iniciativa de efetuar o pagamento relativo a insalubridade dos funcionários das áreas COVID 19 (Pronto Socorro, Enfermarias e UTIs), uma vez que nesse nosocômio os pacientes acometidos pela COVID 19, foi e ainda está sendo realizado em prédios isolado e com pessoal designado especificamente para tal fim. Assim, entendia cumprido seu dever como empregador, já que o pagamento da insalubridade aconteceu desde o mês de maio do ano de 2020.

Nesses tempos difíceis, o HMSVP que sempre manteve regular e boa convivência com o SINDSAUDE refuta, esse tipo de notícia publicada em redes sociais que tão somente causa ansiedade nos seus trabalhadores, principalmente antecipando decisões de onde sequer foram notificados os interessados. Lamentamos esse comportamento ao tempo em que noticiamos estarmos sempre abertos ao diálogo que é o melhor caminho para a solução dos litígios laborais.

Ir. Rosamaria de Lira
Diretora Executiva

© 2021 Hospital Maternidade São Vicente de Paulo | Desenvolvido pelo Núcleo de TI do HMSVP